PESQUISA DE EQUIPAMENTOS

Pesquisa personalizada

14 junho 2006

MIG-1.42 OU MIG-39 FLATPACK. Qual será o futuro do super Mig?


DESCRIÇÃO
O super caça Mig-1.44, também conhecido como Mig-39 Flatpack tem todo um mistério envolvendo seu desenvolvimento e uma polemica quando se fala em seu futuro. Na verdade, alguns entusiastas de aviação militar acreditam que este avião será produzido em massa, com a ajuda de algum país estrangeiro, como a China, normalmente citada quando se conversa sobre este super caça russo. Porém, analistas militares já dão como certo a extinção do programa. A Rússia está engajada no desenvolvimento do seu caça de 5º geração PAK-FA que deverá ser foco de uma futura matéria aqui no Campo de Batalha. Mas mesmo assim, não se pode deixar de notar que o Mig-39 é um avião com um desenho para alto desempenho de vôo, tanto em velocidade máxima e de super cruzeiro, como no combate manobrado. A presença de superfície canard no desenho deste caça, mostra uma quebra de padrões nos desenhos russos e particularmente da fabrica da MIG que costuma não ser tão ousada em seus projetos.

Acima: O MIG-39 é um avião de grandes dimensões e com grande capacidade de transporte de combustivel. Essas caracteristicas permitem uma autonomia continetal.
A concorrência para o desenvolvimento de um caça de 5º geração russo teve como participantes o Mig-39, que era chamado de 1.42 e o caça da sukhoi Su-47 Berkut, que voa em demonstrações impressionantes até hoje. Este programa foi suspenso, num primeiro momento, por falta de dinheiro e cancelado em difinitivo depois, sendo substituído pelo programa PAK FA, que usa os conhecimentos adquiridos nesses dois projetos para um melhor resultado. Uma observação atenta pode revelar os aviões que podem ter influenciado os desenhista do projeto do Mig-39. Você pode encontrar similaridades das entradas de ar do Mig, com o caça europeu Typhoon. A parte frontal, onde fica a cabine, lembra o Mig-29. Mas essas similaridades não significam, de forma alguma, que o Mig 39 seja uma copia. Na verdade ele é o mais avançado caça Mig já projetado e seu avanço se fez pesar no bolso. O caça tem um preço estimado em U$ 70 milhões de dólares, o que representa o caça mais caro já desenvolvido na Rússia. O governo russo não tem dinheiro para continuar a tocar o projeto, e antes de ser suspenso, a China foi cogitada para parceria, onde eles entrariam com o dinheiro e os russos com o projeto. Mas tudo indica que esse assunto já está encerrado, já que o programa PAK FA está em andamento e a China tem seu programa J-12 que deve resultar num caça pesado de alto desempenho e características de furtividade.

Acima: Um dos misseis que podem ser usados pelo MIG-39 é o Ks-172, baseado no missil antiaéreo S-300. Com 400 km de alcance, este é o missil ar ar de maior alcance já projetado.
Poucos dados sobre o Mig-39 foram publicados, sendo em sua maioria estimativas ou especulação. Mas uma coisa em que não aparecem contradições, diz respeito ao tipo de motorização. Se fala no Saturn Lyulka AL-41 F com 17840 kg de empuxo com pós-combustão e com vetoração de empuxo tridimensional auxiliando na capacidade de manobra do Mig-39. Esse motor é mais potente que o F-119 usado no F-22 Raptor americano e permite o Mig-39 voar em regime de supercruzeiro com tranqüilidade. Sobre o radar que se estava planejando para ele, existem muitas contradições, mas o provável seria o novo radar N-014 com capacidade de detectar um caça a 250 km e de atacar 20 alvos simultaneamente. Certamente este radar permite o maior poder de fogo BVR já incorporado a um avião de combate. Este radar deve, no futuro, equipar o PAK FA, que como disse, se beneficiará dos estudos e pesquisas em cima do Mig-39 e do Su 47 berkut.

Acima: A apresentação do MI(G-39 ao publico surpriendeu a toda comunidade aéronautica internacional. Com um desenho avançado e grandes dimensões, este avião mostrou o folego da industria aeronautica russa.
O Mig-39, tem características de baixa assinatura ao radar, certamente através de uso pesado de materiais RAM. Porém há especulações a respeito do gerador de plasma que faria parte dos equipamentos do Mig-39, que o tornariam invisível aos radares.O armamento do Mig-39 seria levado em um compartimento interno para melhorar sua característica de furtividade e manter a aerodinâmica para o vôo em super cruzeiro. O armamento previsto era de mísseis R-77, R-73, KS-172 e o R-37. O numero de armas instaladas no compartimento interno é desconhecido, mas o avião tem 14 pontos duros para transporte de armas, incluindo os que são internamente transportados. Um canhão GSH-301 de 30 mm está instalado no protótipo do Mig-39.

Acima: Um desenho do que seria um Mig-39 de produção. Amas maiores diferenças, estão nas asas que ficariam em com um desenho em delta quebrado, e nas entradas de ar para o moto que ficou parecida com as entrada de ar do extinto bombardeiro XB-70 Valkyrie.

FICHA TÉCNICA
Velocidade de cruzeiro: *mach 1,2
Velocidade máxima: mach 2.2
Razão de subida: *20000 m/mim
Potência: 1.4
Taxa de giro: *34º/s
Razão de rolamento: *250º/s
Raio de ação/alcance: *1500 km/ 3000 km
Alcance do radar: 200 km
Fator de carga: 10 Gs
Empuxo: 2X 17840 kgf
DIMENSÕES
Comprimento: 21,7 m
Envergadura: 16,4 m
Altura: 5,50 m
Peso: 15000 kg
ARMAMENTO
Ar Ar: Míssil R77M, R27, R73 Archer, Ks172
Interno: Um canhão Gryazev-Shipunov GSH-301 de 30 mm




Acima: O Mig-39 em 3 dimensões.


Abaixo: Nessa foto, pode-se observar uma semelhança do Mig-39 com o caça europeu Typhoon.



Abaixo podemos ver um video da apresentação do Mig-39. É só clicar duas vezs no play.

25 comentários:

Show disse...

Oi Carlos

Cara pra mim não falta elogios pra vc sobre seus artigos...
Ma sindo logo para minha dúvida./Vc sabe que o Mig-1.42 perdeu na concorrencia do projeto PAK FA da Russia vc acha que ele ainda pederia entrar em operação ou não e em sua opinião quais as pricipais qualidades desse projeto.
Mesmo sabendo que isso seria quase inpossivel por causa de seu orçamento,que vc acharia se a FAB compra-se esse projeto como a China comprou o projeto LAVI de Israel...

Abaços.,Falow...

Dani. disse...

Olá Carlos,
Como funcionaria esse gerador de plasma ?
Abraços.

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá Show. Eu não acredito muito na qualidade de vôo do Mig 1.42. Penso que as fontes que pesquisei, mesmo as russas foram um pouco otimistas quanto ao desempenho dele. Sobre comprar o projeto dele, não acho que seria uma boa idéia. Nem a China aceitou isso. Um projeto mais leve, de preferência monomotor, como um Gripen, por exemplo seria mais adequado para se construir no Brasil.
Abraços

angelo disse...

oi carlos vc falou que "nem a china aceitou isso", mas se vc prestar atençao no projeto do j 14 chines vai ver q os 2 nao sao muito diferentes

Antonio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio disse...

Carlos
O projeto do J-10 é sim semelhante ao Mig 1.42, e seu projeto base não é só da LAVI, tem tecnologias russa(motor/aviônicos), francesa(radar) e da própria China(engenharia) Quanto ao caça melhor para o BRASIL, este deveria ser o que possuísse maior capacidade de armamento e combustível e com grande alcance em seu raio de ação.

luiz disse...

esse caca pode vencer o f22?
i sobre o fx2 vi noticias q os primeiros cacas vao chegar em 2015 é piada ou vai ser issso mesmo?
t+

Carlos E. Di Santis Junior disse...

oLÁ lUIZ. o mIG 1.42 FOI UM PROTÓTIPO PARA UM CAÇA DE 5º GERAÇÃO RUSSO. eLE PERDEU A PARA O SU-47. PORÉM TESTES POSTERIOIRES REVELARAM PROBLEMAS COM AS ASAS DE ENFLECHAMENTO NEGATIVO EM VELOCIDADE SUPERSONICAS. ASSIM O FUTURO CAÇA RUSSO SERÁ UM NOVO AVIÃO CONHECIDO, ATUALMENTE COMO PAK FA. HÁ UM ARTIGO SOBRE ELE NESTE BLOG. PROCURE NO INDICE DE MATERIAS. SOBRE O FX, SIM É EXATAMENTE ISSO. O CAÇA VENCEDOR SERÁ ANUNCIADO ESTE ANO E O CONTRATO DEVE SER ASSINADO NA SEQUENCIA SENDO AS PRIMERAS ENTREGAS S[O A PARTIR DE 2012 A 2015... ISSO NÃO ESTÁ CERTO AINDA. ESSE PRAZO VEM DE ENCONTRO COM A SAIDA DOS CAÇAS MIRAGE 2000.
ABRAÇOS

Osasco .22 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Osasco .22 disse...

O Rafale não tem o mesmo preço?

E se tiver o Mig não seria a melhor escolha?

Carlos E. Di Santis Junior disse...

projeto do MIG-39 está engavetado. Seu custo é maior, além de que o Brasil só começou a abrir as portas para aquisição de aeronaves de procedência russa agora.
Abraços

Antonio disse...

Será que o projecto morreu mesmo? Tive um irmão que viveu na Russia e disse que os russos gostam de suas coisas e não deixam nada para trás. No futuro pode ser uma surpresa.

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá Antonio. Certamente que esse projeto já foi abandonado. Ele foi, na verdade, um concorrente para fornecer tecnologia a um caça de 5º geração.
Abraços

Probus disse...

Comandante Di santis, salvas!!!

Senhor, na sua opinião, qual o futuro da Mikoyan-Gurevich??

Continências.

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá probus. O momento desse projeto já passou. Ele será lembrado em museu apenas.
Abraços

Antonio disse...

Probus,
Se referiu-se à Mikoyan i Gurevich fabricante de caças a resposta é: Se a MiG não se apressar em novos projetos ao invés de somente refazer os modelos antigos(que são muito bem modernizados, diga-se de passagem)ela perderá todos os futuros FX abertos pela Federação Russa, tanto é que o projeto do MiG 1.42 é bem antigo e eles não saíram disso. A melhor coisa que fizeram durante todo esse tempo foi o pequeno e ágil Mig AT. Nesse último processo de concorrência para o caça de 5ª geração eles apresentaram o 1.42 (novamente) enquanto a Sukhoi apresentou um modelo bem diferente do que se previa, daí o PAK-FA ficou com a Sukhoi. A MiG, por enquanto, está se reabilitando com o MiG-35. Mas sabe-se lá até quando.

Probus disse...

Olá Antônio, muito obrigado.

Realmente, você está certo quanto a minha pergunta. Tenho o maior carinho por algumas versões da Mikoyan Gurevich (21 Bison, 25 Foxbat, 29 Super-Fulcrum, 31 Foxhunt e o 35 (29 OVT), principalmente pelos armamento que são adaptáveis a alguns modelos. Sem contar na capacidade de defesa e varredura aérea que o Foxhunt é capaz. Não achei os dados do Mig-AT, infelizmente. E, a IRKUT está aí com seu magnífico Yakovlev Yak-130.

Muito obrigado por sua atenção.

Reaper Wolf disse...

Será que o MiG-39 Flatpack não pode ser modificado para operar no Admiral Kuznetnov em vez dos Su-33 e MiG-29K?

Antonio disse...

Seria até uma boa se a MiG ressuscitasse o MiG 39 em seus projetos futuros, desde que ele fosse compatível tecnologicamente ao atual pak-fa, caso contrário, será um elefante branco na VVS e o custo dele atualmente é um pouco salgado pra pouca mudança. E além do mais, ele sequer aparece nos planos da MiG. http://migavia.ru/eng/military_e/index_mil_e.html

Antonio disse...

Talvez o SKAT esteja sendo a prioridade da MiG no momento
http://www.migavia.ru/im/photo/Skat_main.jpg

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá reaper Wolf. O MIG-39 n~]ao é um projeto que foi pensado para uso embarcado. Fora isso, ele é visivelmente grande e modificar seu projeto para navalizalo seria custos e ineficaz uma vez que ele é visivelmente menos avançado que o novo PAK FA.
Abraços

Reaper Wolf disse...

Ja que estamos falando de Aviões Experimentais, voce já ouviu falar do Su-41 Fistfull, eu li que ele é um caça naval de quinta geração e que a marinha russa ja encomendou 380 desses aviões, isso é verdade????

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá Reaper. Não é verdade. Esse modelo é uma espécie de YF-23 americano modificado. Não existiu esse modelo e a marinha russa irá usar o PAK FA num futuro de médio prazo, pois por enquanto, os russos irão usar o MIG 29K no lugar do Su-33.
Abraços

Probus disse...

Carlos, um abração.

Por favor:

1) Qual a sua análise da similaridade escancarada desta máquina com o J-20 chinês??

2) O que você acha então desta parceria/venda de know how russo a China?? Ou é engenharia reversa mesmo?? Visto o J-11B, o J-15 e o J-20...

3) O que você acha do desenvolvimento da China em Caças Furtivos?? Visto que parece que você tem um respeito bem especial pela tecnologia bélica do Jiabao... E você foi a primeira pessoa que eu conheço a falar dos caças chineses com respeito.

4) Gostaria de saber também quando você vai fazer uma postagem sobre o J-20.

Muito obrigado pela sua costumeira atenção.

Carlos E. Di Santis Junior disse...

Olá Probus. A China teve envolvida em negociação com a Russia para financiar o MIG-1,42. Eu acredito que tenham comprado o projeto pois é fato que o J-20 se parece muito com ele. Os chineses tem apresentado uma melhor visível na qualidade de tudo que é feito lá. Tem empresas chinesas que ainda não se atentaram para a qualidade, mas muitas outras já trabalham com um padrão próximo dos ocidentais.
Muitos produtos de consumo caros e com "status" consumidos pelo pessoal riquinho, como Iphone, tenis Nike, etc... são fabricados na China. A parte militar é um segmento crítico do qual não arriscaria acusar os chineses de "vacilar" na qualidade.
Sobre o futuro artigo do J-20, ainda pode demorar pois não tenho confiança nas fontes que se encontram na internet. As informações são "deduções" ou muito genéricas, e por isso estou esperando ser publicado algo de maior credibilidade para poder pesquisar e escrever um artigo com minhas impressões.
Abraços